Notícias

0 comments

O P. José Joaquim Queirós de Sá, Passionista, tomou posse da Paróquia de Nossa Senhora da Graça no dia 9 de julho de 1967, dia dedicado pela sua Congregação a Nossa Senhora Mãe da Santa Esperança. Nesse dia, a Paróquia de Palhais/Santo António renasceu, uma vez que estava sem Pároco há mais de 200 anos, segundo rezam as crónicas de então.

Padre José Queirós e a jornalista Inês Carranca

50 anos depois, este sacerdote regressou à Paróquia para participar na celebração do ano jubilar. D. José Ornelas presidiu a eucaristia campal, acompanhado por diversos sacerdotes Passionistas, na Quinta do Porto da Ramagem (Coina), emprestada para a Festa.

Como se impunha, pela importância da efeméride, foi grande a adesão da população que se juntou para celebrar a fé e agradecer a Deus a presença de párocos passionistas. Vieram vários autocarros do Norte, uma vez que a Festa de Celebração dos 50 anos de Paróquia e de Presença Passionista no Barreiro foi, simultaneamente, Festa da Família Passionista – habitualmente realizada em Santa Maria da Feira.

Na sua homilia, D. José recordou que os Missionários Passionistas vieram para um território que estava esquecido e que era/é campo de missão. Agradeceu o seu trabalho e exortou às pessoas para não se acomodarem e trabalharem juntas pelo Projeto de Jesus.

Na celebração eucarística, embelezada pelo Coral Orfeónico São Gabriel e Life Teen, foram enviadas 5 jovens leigas para a Missão Passionista de Calumbo (Angola) e benzida uma estátua de São Paulo da Cruz que será colocada na Igreja de Santo António da Charneca.

A Paróquia ofereceu ao Bispo de Setúbal e ao Primeiro Pároco Passionista uma imagem de São José a dormir, à qual o Papa Francisco tem grande devoção. Essa imagem representa o momento em que José escuta a voz de Deus e decide cumprir a sua vontade. A partir daí, D. José convidou os presentes a não terem medo de avançar no sonho de uma Paróquia viva, de discípulos e missionária, ao estilo de Jesus.

Após o almoço, preparado pelos Escuteiros, foi partido um grande bolo, oferta da pastelaria Santo André, entre as centenas de pessoas presentes. Seguiu-se um momento de convívio e música no local embelezado pelo Caminho Neocatecumenal e Renovamento Carismático, com a presença da Banda de Louvor da CCLX (grande momento de comunhão!), da fadista Marlene (grande momento de emoção entre os presentes!), do Grupo de Cantares Modalentejo (vozes alentejenas no feminino) e do Tó Zé que animou o baile. A Inês Carranca, jovem repórter da RTP, apresentou toda a festa transmitindo grande alegria ao momento.

Na noite do sábado anterior, 8 de julho, cerca de duas centenas de pessoas juntaram-se junto à Capela de Coina para adoração do Santíssimo, organizada em formato “XLT”, pelo Life Teen e com a presença do Fernando Baptista, perito em evangelizar através do riso.

XLT na noite do dia 8 de julho

O Jubileu desta Paróquia foi uma Graça de Deus que trouxe uma grande alegria para os paroquianos, agora com novo vigor para viver um melhor discipulado, em ambiente de esperança, sabendo que Deus continua a caminhar na história da Paróquia de Palhais/Santo António. Esta celebração jubilar foi fruto do trabalho de uma grande equipa de pessoas que dedicaram muitas horas da sua vida para que este evento celebrativo fosse um verdadeiro Mega Evento de Comunhão e Festa!

Todo o ano foi marcado por diversos momentos importantes, que fizeram a Paróquia encontrar-se nas dimensões espiritual, celebrativa, formativa, missionária, evangelizadora e social. Um caminho foi percorrido nos últimos 50 anos de vida. Agora, outro está a começar a ser trilhado, rumo a uma Paróquia mais viva, mais família, sintonizada com Jesus Cristo e com o seu Evangelho.

2 comments

Sua Santidade, o Papa Francisco, enviou uma carta aos paroquianos de Palhais/Santo António (Barreiro), no âmbito da celebração dos 50 anos da chegada do primeiro Pároco Passionista a essa Paróquia.

Na sua mensagem, Francisco pede aos paroquianos que se mantenham fiéis aos valores cristãos como o “tesouro mais valioso” que receberam e devem deixar como herança aos vindouros.

Termina a sua mensagem lançando o desafio aos cristãos que aprofundem a sua vida de união com Deus para edificação de uma Igreja mais santa.

 

XLT

0 comments

O sábado, dia 13 de Maio de 2017, data mágica e cheia de simbolismo para muitos portugueses, foi o dia em que a trilogia da fé, do desporto e do entretenimento cruzaram horizontes e fizeram história neste nosso Portugal à beira-mar plantado.
Mas a história também se fez na Paróquia de Palhais/Santo António! Realizou-se a primeira XLT de sempre em Portugal. Uma noite XLT é para eXuLTar Jesus, com orações, cânticos e uma vibrante pregação para ajudar a viver com mais intensidade o encontro com Jesus na adoração.
Cerca de 75 pessoas de diversas idades aderiram ao convite do grupo de jovens Life Teen, deixando de parte os festejos do Benfica ou do Salvador Sobral, para estarem com o verdadeiro Mestre e Salvador, na Igreja de Santo António da Charneca.
Foram quase 2 horas de encontro com Jesus, tendo por base a vida dos santos pastorinhos de Fátima.

0 comments

Cerca de 40 jovens responderam à chamada do grupo de jovens da Paróquia de Palhais/Santo António, Life Teen, e participaram numa Color War no final de tarde do dia 7 de maio.

Rapazes contra raparigas, numa épica batalha de cores e música, com bastantes curiosos a abrandar a velocidade do automóvel para ver o que se passava no adro da Igreja de Santo António.

Esta iniciativa, kick off, pretende atrair novos jovens ao grupo Life Teen, para que iniciem um caminho em direção a Jesus Cristo, como discípulos e missionários.

O Life Teen é um movimento jovem centrado na Eucaristia que pretende que os jovens e as suas famílias vivam uma forte relação com Jesus e a Sua Igreja. Presente em mais de 1800 paróquias de todo o mundo, o Life Teen chega a mais de 100.000 jovens todas as semanas, através de catequeses dinâmicas, com novos métodos. Está presente em Palhais/Santo António desde o final de 2016.

0 comments

Caminhar faz bem e é possível aliar a saúde à oração. Em véspera de Dia da Mãe, realizou-se uma procissão sem andores, mas muitas flores a embelezar o caminho, com a imagem da Virgem Maria transportada em braços, na Mata da Machada. Foi assim que terminou a tarde do dia 6 de maio, com cerca de duas centenas de paroquianos de Palhais/Santo António a mostrar a sua boa forma física na caminhada/procissão que durou uma hora e percorreu uma parte da Mata Nacional, entre cânticos, meditação e oração mariana.

السَّلاَمُ عَلَيْكُمْ وَرَحْمَةُ اللهِ وَبَرَكَاتُهُ, que é como quem diz “Que a Paz e a Bênção de Deus estejam convosco”. Foi assim que vários jovens do LifeTeen (grupo de jovens) da Paróquia de Palhais/Santo António foram recebidos na Mesquita Central de Lisboa, pelo Sheik David Munir, a 5 de março.
A visita à Comunidade Islâmica durou duas horas. Durante esse tempo, o líder da Mesquita apresentou, num tom bastante descontraído, os cinco pilares do Islão: a fé (consiste em acreditar em Deus, nos Seus anjos, nos Seus Livros, nos Seus Profetas, no Dia do Juízo Final e na Providência); a oração (cinco vezes por dia); a caridade (a entrega 2,5% do produto líquido dos ganhos de um muçulmano, depois de deduzidas as despesas pessoais, as da família, os gastos indispensáveis, os impostos e as contribuições fiscais e outros encargos, com fins de ajudar os pobres); jejum no mês de Ramadão (nono mês do calendário islâmico; este jejum é obrigatório para todos os muçulmanos adultos e saudáveis) e Peregrinação a Meca (peregrinação obrigatória pelo menos uma vez na vida, para qualquer muçulmano com capacidade financeira de a realizar).
De seguida, fez visita guiada ao edifício (capela mortuária, refeitório, sala de eventos). Entretanto, escutou-se a chamada para a oração: o tempo tinha voado. Então, o Sheik Munir convidou os jovens a assistir à oração da tarde na grande sala de orações da Mesquita.
Esta tarde passada entre os muçulmanos foi, sem duvida, um momento único para todos. E, muito provavelmente, de tirar algumas ideias erradas da cabeça.

No dia 4 de março, os catequistas da Paróquia de Palhais/Santo António fizeram um dia de pausa na sua missão educadora e retiraram-se para um encontro mais próximo com Deus e com os colegas. Orientado pelo pároco, o retiro pretendeu colocar toda a gente em forma, com um coração forte. Ao longo do dia, existiram vários exercícios físicos (reais) que puxaram pelo organismo dos catequistas. Todos foram capazes, o que prova que nada é impossível.
A nível espiritual, o sacerdote apresentou exercícios que podem ajudar no caminho para a santidade, nomeadamente a oração do rosário, a intercessão dos santos e a criação de um diário espiritual.
O retiro terminou com o verdadeiro “cardio training” (treino de coração), na eucaristia. Aqui, utilizando os textos bíblicos, o pregador apresentou a toda a comunidade paroquial a necessidade de exercitarmos o coração (também a nível espiritual) para uma vida mais pura e cheia de Deus.

No dia 28 de fevereiro foi celebrado o carnaval um pouco por todo o país. Apesar disso, os jovens do LifeTeen (grupo de jovens da Paróquia de Palhais/Santo António) decidiram ir ao encontro dos peregrinos da paróquia, a Fátima.
A chuva não os assustou e passaram a manhã numa visita a Pia de Urso, onde conviveram e se divertiram a explorar a aldeia e aventuraram-se no Eco-Parque Sensorial.
O almoço foi com os peregrinos, onde ajudaram a servir à mesa. Afinal, os pés dos jovens estão mais em forma que os pés dos caminhantes. No final, orientaram a eucaristia onde se rezou pelas intenções do Papa.
Alguns dos jovens tiveram a oportunidade de visitar -por fora- o Mosteiro da Batalha, enquanto os outros rumaram a casa.

O grupo de jovens da Paróquia de Palhais/Santo António (LifeTeen), com a colaboração de vários adultos voluntários, organizou uma Peregrinação a Pé ao Santuário de Fátima, de 25 a 28 de fevereiro. Conscientes que peregrinar não é simplesmente caminhar na direção de um determinado lugar, mas fazê-lo movido por algo muito importante, determinante para a vida do peregrino, cerca de 30 peregrinos percorreram os cerca de 150 kms que separam a Paróquia do Santuário mariano.
Todos os dias tiveram momentos de oração, cantos e conversa com Deus, além do saudável convívio. A eucaristia na terça-feira marcou o final da Peregrinação, na qual os peregrinos puderam partilhar a sua experiência particular de encontro com a Virgem e com a Vida.

Depois do sucesso do passeio a Penela e Coimbra, a Paróquia de Palhais/Santo António voltou a organizar uma nova viagem cultural e de lazer. A pedido de várias famílias, esta viagem foi em dias de carnaval, 26 e 27 de fevereiro. O destino foi aliciante: Serra da Estrela.
Assim, por apenas 65 euros por pessoa e tudo incluído, almoçou-se no famosíssimo Restaurante “O Albertino”, situado em Folgosinho, na Serra da Estrela. Aqui os 50 “turistas” foram convidados a degustar os melhores pratos regionais, com música ao vivo e muita conversa na mesa. Com a barriga cheia, fez-se a subida à Torre da Serra onde a neve proporcionou momentos de muita diversão (e quedas!). Seguiu-se um animado baile, após o jantar no Hotel em Mangualde.
No dia seguinte, último da viagem, visitou-se a pequena aldeia de Castelo Mendo e degustaram-se várias iguarias desta região montanhosa do centro de Portugal.
Estas viagens organizadas pela Paróquia de Palhais/Santo António pretendem promover o encontro e a amizade, fortalecer os laços fraternos, visitando novos destinos e lugares maravilhosos.

Realizou-se o segundo retiro “os 3 dias que mudaram o mundo”, com a participação de 30 jovens da zona de Santa Maria da Feira, Barroselas e Barreiro. A base deste encontro foi Barroselas, de 17 a 19 de fevereiro.
Com orientação de leigos e padres, os jovens mergulharam nas últimas horas de Jesus, encarnando o papel de algum dos apóstolos. Sentiram o que esses homens terão sentido: espanto, medo, duvidas, receio, fuga, desorientação, cansaço, inquietação…
Da última ceia, passando pela cruz e desorientação do pós-morte, terminando na luz da ressurreição, os jovens viveram cada momento com enorme intensidade, de tal maneira que nem o cansaço os venceu.
Foram vários jovens desta Paróquia.

Juan Ambrosio, conhecido teólogo da Universidade Católica Portuguesa, visitou a Paróquia de Palhais/Santo António na fria noite de 15 de fevereiro, para dialogar com as pessoas. “A família: um fantástico poliedro” foi o tema escolhido para a reflexão sobre a Amoris Laetitia do Papa Francisco.
Iniciou fazendo um enquadramento da Exortação Apostólica Pós-Sinodal nos textos do Papa, mostrando que ele pretende uma Igreja em saída (Evangelii Gaudium), no meio do mundo, casa comum (Laudato Si), que leva a misericórdia a todos, crentes e afastados (Misericordia vultus), onde tudo se resolve (Misericordiae et misera). A família é importante nesta missão da Igreja. Daí que deve ser amada e respeitada por todos, sendo o amor o núcleo constitutivo e dinamizador da mesma.
De seguida, Juan Ambrosio seguiu apresentando a realidade atual e os desafios que se colocam às famílias. Como disse Francisco, o tema das famílias é um fantástico poliedro formado por muitas preocupações e questões (AL 4).
O bem da família é decisivo para o futuro do mundo e da Igreja (AL 31). O Professor soube aproveitar o tempo, ajudando os presentes a refletir sobre o seu papel na sociedade e na Igreja. É preciso aprender a olhar como Jesus olha, a caminhar como Jesus caminha. Temos de aprender a ser uma Igreja “poliédrica”, que tem em conta as verdades do Evangelho, que utiliza a lógica da misericórdia e adota um olhar diferenciado na proximidade. Temos de assumir o serviço à família como dimensão essencial da comunidade cristã.

No âmbito de conferências que a Paróquia Passionista do Barreiro está a organizar, foi convidada a Dra. Ana Varela, da Plataforma de Apoio aos Refugiados (PAR), para falar sobre a sua experiência de vida, no dia 10 de fevereiro. Ana Varela apresentou o tema com muita emoção, uma vez que é uma cristã comprometida que deixou a pátria e a família uns meses para acompanhar de perto a situação dos refugiados na Grécia. Atualmente, a sua paróquia (Algés) acolhe uma família síria.
Ana afirmou que a adesão das pessoas foi acima do esperado, mostrando-se bastante confiante na qualidade de acolhimento e amor que a Comunidade Paroquial de Palhais/Santo António vai dar à família que chega na próxima primavera.

COMUNICADO A TODOS OS PAROQUIANOS DA PARÓQUIA DE PALHAIS/SANTO ANTÓNIO E ÀS PESSOAS DE BOA VONTADE DA FREGUESIA DE SANTO ANTÓNIO DA CHARNECA E DA UNIÃO DAS FREGUESIAS DE PALHAIS E COINA

“Face à tragédia de dezenas de milhares de requerentes de asilo que fogem da morte, vítimas da guerra e da fome e que estão a caminho em direção a uma esperança de vida, o Evangelho pede-nos para sermos ‘os próximos’ dos mais pequenos e dos mais abandonados, dando-lhes uma esperança concreta.” (Papa Francisco, 06/09/2015)

“Os refugiados são pessoas como nós, porém a guerra tirou-lhes casa, trabalho, parentes e amigos.” (Papa Francisco, 19/06/2016)

“É uma atitude hipócrita dizer-se cristão e fechar as portas a um refugiado, a alguém que procura ajuda, que tem fome, sede, a quem mais precisa da minha ajuda.” (Papa Francisco, 13/10/2016)

“O casal fechado, a família fechada, o grupo fechado, a paróquia fechada, a pátria fechada, isso vem de nós, não tem nada a ver com Deus.” (Papa Francisco, 06/09/2015)

Assim, considerando:
a) O Evangelho que, repetidas vezes, nos convida à hospitalidade
b) A necessidade de transformar em obras o que muitas vezes é escutado
c) A disponibilidade de tantas pessoas empenhadas em contribuir para um mundo melhor

A Paróquia de Palhais/Santo António adere generosamente ao apelo do Papa Francisco, escutando tantas vozes que gritam por ajuda, e está disponível para colaborar ativamente no acolhimento e na integração de uma família síria, mediante a celebração de uma parceria com a Plataforma de Apoio aos Refugiados e o Serviço Jesuíta aos Refugiados (apoio técnico para que a família acolhida se torne autónoma e integrada na sociedade portuguesa);

A Paróquia de Palhais/Santo António desenvolverá os seus melhores esforços no sentido de acolher e promover a integração da Família Acolhida na Comunidade local, tendo em vista a total autonomia da Família Acolhida no prazo de dois anos.

Estamos prontos para dar o nosso melhor à Família que vem à procura de paz, carinho e uma vida com novas oportunidades. Ao mesmo tempo, reforçamos a nossa vontade de trabalhar cada vez melhor com as famílias carenciadas desta Paróquia.

Paróquia de Palhais/Santo António, 13 de janeiro de 2017

“Islão significa submissão voluntária. Muçulmano é aquele que se submeteu voluntariamente, aquele que se submeteu a Deus. Aquele que obriga e usa a violência está a ir contra a sua religião.” disse o sheik David Munir às pessoas que estiveram na tertúlia na igreja de Santo António da Charneca, no dia 18 de janeiro.

O salão da igreja, que desde outubro do ano passado já acolheu seis tertúlias sobre diversos temas, estava cheio de curiosos que queriam escutar e dialogar com o responsável da Comunidade Muçulmana de Portugal.

O sheik cativou as pessoas durante 1 hora, mostrando que é possível ser muçulmano e ter bom humor. Começou por afirmar que o Islão é um modo de viver, tal como o judaísmo e cristianismo (Abraão é considerado o Patriarca destas três grandes religiões) e falou do seu aparecimento por meio do profeta Muhammad (Maomé).

De seguida, David Munir apresentou as características básicas do Islamismo: fé em Deus e no seu último profeta; cinco orações por dia, voltados para Meca (orações que podem ser feitas em qualquer lugar limpo); oferta de 2,5% dos rendimentos anuais para ajuda aos pobres (e só dá quem realmente pode); jejum no mês do Ramadão (9º mês do calendário islâmico) como forma de purificação e libertação (só realiza o jejum quem tem saúde e idade) e peregrinação a Meca (uma vez na vida, desde que tenha saúde e capacidade financeira).

Por estar a falar para uma assembleia formada por cristãos, o sheik referiu que a Virgem Maria é uma personagem muito importante para os muçulmanos, de tal maneira que o seu livro sagrado, o Corão, dedica-lhe um capítulo inteiro. Jesus também é importantíssimo, aparecendo mais vezes no Corão que o próprio Muhammad.

O sheik Munir deixou claro que “os muçulmanos sentimos mais que ninguém os atos terroristas levados a cabo por pessoas que se dizem muçulmanos”. Tudo o que existe no mundo é contra o que foi revelado no Corão: “se alguém matar uma pessoa inocente, é como se matasse toda a humanidade”, disse o líder muçulmano citando o Corão (5:32).

O responsável da Mesquita Central de Lisboa despediu-se, desafiar o Pároco de Palhais/Santo António a organizar uma ida paroquial à Mesquita, para oração, convívio e almoço.

O dia 1 de janeiro ficou marcado pelo começo de um novo ano. Mas isso é algo que acontece anualmente. Coina e Santo António da Charneca, dois locais de culto da Paróquia de Palhais/Santo António, ficaram marcados – para sempre? – por novidades arquitetónicas.
Na Eucaristia das 9h30 foi benzido o novo sacrário, que vem substituir um que passava despercebido. Uma generosa paroquiana, apaixonada por Jesus, prometeu ao Pároco – no começo do seu ministério – colaborar nas despesas de colocação de um novo sacrário. Dito e feito. Quase um ano depois, e após escutar a opinião do Conselho de Pastoral Paroquial, foi colocado e benzido um belo um sacrário circular, com 63 cms de diâmetro. As suas cores fortes jogam com a simplicidade do presbitério e da Igreja. Simultaneamente, capta a atenção de quem entra no templo, que é o pretendido. Que a Eucaristia, centro da vida dos cristãos, seja o alimento de quantos entrarem na igreja cinquentenária de Santo António da Charneca.
Às 11h30 foi a vez da Capela de Nossa Senhora do Remédios, em Coina, ser o alvo das atenções. Depois de um mês de trabalhos, devidamente orientados pelo sr. Guerra, a pequena Capela ganhou nova cor, nova beleza. Tornou-se num local onde se respira paz e silêncio, com um bonito jogo de cores e luzes. O sacrário, também ele restaurado, ajuda a enriquecer o espaço remodelado.
São pequenas obras que se juntam às pinturas das salas de catequese da Penalva, à criação de uma sala no lugar do palco de Santo António ou o nicho para a relíquia de Santa Faustina. Há muito para ser feito de novo, de remodelação ou manutenção. Muitos sonhos e objetivos. Tudo para que os paroquianos se sintam cada vez mais em casa na Paróquia de Palhais/Santo António.

malatoEm época de Natal, José Carlos Malato, conhecido apresentador de televisão, visitou a Paróquia de Palhais/Santo António no dia 20 de dezembro, distribuindo alegria a todos.
A visita começou no CATICA, em Coina, onde houve oportunidade para celebrar eucaristia com todos os idosos e funcionários, cantar e tirar dezenas de fotografias com as fãs. Seguiu-se uma visita à Capela de Nossa Senhora dos Remédios, em fase final de obras de restauro.
O apresentador e o Pároco visitaram outro Lar no centro de Santo António da Charneca.
O dia terminou na Igreja de Palhais, onde o apresentador contemplou a simplicidade do Presépio construído pelos Escuteiros, elogiando-os pelo ótimo trabalho realizado.

reliquia-santa-faustinaO Papa Francisco convocou um Ano dedicado à Misericórdia. A Paróquia de Palhais/Santo António não deixou passar a oportunidade para viver as obras de misericórdia e aprofundar temas relativos à Misericórdia Divina. Santa Faustina Kowalska, polaca, ficou conhecida pela sua vida entregue à Misericórdia e seu anuncio. Ao verificar a devoção de tantas pessoas a esta Santa, o Pároco decidiu contactar o Santuário onde Faustina está sepultada, para trazer a Santa para a Paróquia. A Madre Superiora autorizou e preparou uma relíquia que ofereceu à Paróquia, esperando que a sua presença espiritual ajude a entender melhor o mistério da Divina Misericórdia entre os paroquianos. Recordando as palavras de Faustina, redigidas no seu Diário: “Desejo dar a conhecer a todo o mundo a grande Misericórdia de Deus” (491).
O dia de encerramento do Ano da Misericórdia, 20 de novembro, ficará gravado na mente das centenas de pessoas que estiveram presentes na Igreja de Santo António para acolher Santa Faustina na sua relíquia de primeiro grau (osso). Ter uma relíquia de primeiro grau é, de facto, uma grande graça, pouco comum na Igreja.
A celebração iniciou às 15 horas com a oração do Terço da Misericórdia, seguindo-se a partilha da Palavra de Deus, apresentação da biografia de Santa Faustina e alguns trechos do seu Diário. Por fim, seguiu-se um momento de veneração e a colocação da relíquia num espaço preparado na parede da Igreja.
Desde o dia 20 de novembro que Faustina pode ser venerada na Igreja de Santo António da Charneca. Que Faustina guie os paroquianos de Palhais/Santo António (e quem a visite) para Deus que é rico em Misericórdia e fonte de muitas graças. Santa Faustina, rogai por nós!

glow games lifeteenOs jovens da Paróquia de Palhais/Santo António foram convocados para aparecer na Igreja de Santo António no dia 6 de novembro. E compareceram! Foi o primeiro encontro do novo grupo da Paróquia: o Life Teen. Este movimento surgiu nos Estados Unidos da América e tem vindo a propagar-se por todo o mundo, com o objetivo de aproximar os jovens de Cristo. Isto é conseguido de forma dinâmica e criativa, com temas atuais que se relacionam com o dia-a-dia dos jovens.
Este primeiro encontro, noite de kick-off, desafiou os jovens e o seu espírito de equipa nos Glow Games: jogos em grupo, iluminados apenas por pequenos “sticks” fluorescentes.
Mesmo com o frio e o Benfica a jogar, os jovens apareceram e deram o seu melhor nestes jogos que proporcionaram momentos “iluminados” e cheios de diversão.
Apurada a equipa vencedora, o DJ TimeWall animou a festa para marcar o final do encontro.
Neste encontro participaram cerca de 40 jovens, que contaram com o apoio do Team Core, o grupo de animadores que foi formado e preparado ao longo dos últimos meses.
O Life Teen irá reunir-se semanalmente, todos os domingos às 18h, na Igreja de Santo António da Charneca. O grupo está aberto a todos os jovens entre os 15 e os 30 anos que queiram ter uma vida excecional.
É possível seguir o LifeTeen no Instagram e no Facebook.

A Paróquia de Palhais/Santo António está a celebrar os 50 anos de existência com diversas iniciativas que pretendem tirar as pessoas do sofá e metê-las em caminho, além de obras de manutenção dos espaços existentes e criação de novos para o serviço da caridade e do apostolado.
Já com logótipo renovado há uns meses e alguns restauros a decorrer, a Paróquia iniciou na passada sexta-feira um ciclo de diálogos/conferências para crentes e não crentes.
O salão da Igreja de Santo António da Charneca revelou-se pequeno para acolher as dezenas de pessoas que queriam encontrar a possível ligação entre a ciência e Deus. O Professor de Química da Universidade do Porto, Doutor João Paiva, entusiasmou o público durante mais de 2 horas com temas muito atuais e úteis para abanar e, assim, fortalecer a fé.
O próximo encontro está marcado para o dia 4 de novembro às 21h com o não crente e campeão nacional de basquetebol Aniceto do Carmo.

festas coinaCoina celebrou Nossa Senhora dos Remédios, no passado domingo, 3 de julho.
A pequena capela da vila revelou-se pequena para as dezenas de fiéis que queriam aproximar-se da padroeira.
Na eucaristia, o pregador, P. José Luís Moreira, recordou que “a Paixão de Jesus é remédio para os males dos tempos atuais”, mas que a Virgem Maria não se cansa de olhar pelos seus filhos.
Sob um calor abrasador, a procissão saiu à rua com o acompanhamento musical da Banda de Coina, intercalada com os mistérios do terço.

bento xviO Papa emérito Bento XVI completou 89 anos de vida no dia 16 de abril de 2016. A Paróquia de Nossa Senhora da Graça rezou por ele. E o Santo Padre agradeceu com a seguinte mensagem:

Venho agradecer, em nome do Papa emérito Bento XVI, as orações que elevaram ao Pai pelo seu aniversário natalício e batismal tendo completado oitenta e nove anos no dia 16 de abril de 2016.
Desejando retribuir o seu amável gesto, Sua Santidade recorda ao Padre Tiago e quantos lhe estão confiados que, à vista de acontecimentos onde se pode constatar toda a crueldade dos homens, temos de concluir que a misericórdia é a única verdadeira e derradeira reação eficaz contra a força do mal. Só onde há misericórdia, acaba a crueldade, acabam o mal e a violência. O Papa Francisco segue totalmente esta linha. A sua prática pastoral exprime-se precisamente no facto que ele nos fala continuamente da misericórdia de Deus. O que nos move para Deus é a misericórdia, enquanto a justiça nos assusta e afugenta da sua presença.
No candelabro da misericórdia aceso pelo Papa Francisco, Bento XVI quis acrescentar esta pequenina chama, confirmando que os homens e mulheres de hoje anseiam sobretudo pela misericórdia divina, que ele implora abundante sobre o Padre Tiago e os paroquianos de Coina, Palhais, Penalva e Santo António da Charneca. Bem-haja!
Em fraterna comunhão de sentimentos em Jesus, subscrevo-me.
Mons. Paolo Borgia (Assessor).

Santo António da CharnecaA Paróquia de Palhais/Santo António, composta por vários centros de culto, celebrou o santo da freguesia de Santo António da Charneca, a 12 de junho. Pelas 16 horas deu inicio a Eucaristia, presidida pelo Pároco e concelebrada por dois sacerdotes Passionistas de Linda-a-Velha, P. Armindo e P. Fernando.
O Coral Orfeónico de São Gabriel embelezou a celebração com as suas vozes afinadas e orientadas pela maestrina Marta Catarino. No seu sermão, o P. Fernando Tavares apresentou, num tom descontraído, a vida de Santo António de Lisboa, convidando as pessoas a encontrar nele um modelo para a vida.
Os fiéis manifestaram a sua devoção a Santo António participando com piedade e respeito na procissão pelas ruas antigas de Santo António da Charneca, sob os olhares dos muitos curiosos nas janelas e esplanadas.

0 comments

procissão palhais barreiroA Paróquia de Palhais/Santo António celebrou solenemente a sua padroeira no passado domingo, 5 de junho.
A Igreja Paroquial revelou-se pequena para a Eucaristia solene, onde muitos vieram agradecer as graças recebidas ao longo dos anos.
Na sua homilia, o pregador convidado, P. Fernando Tavares, situou historicamente a devoção a Nossa Senhora da Graça, recuando vários séculos no tempo. De seguida, com a ajuda da Palavra de Deus, refletiu acerca da importância da Virgem Mãe para a Igreja e para a Comunidade Paroquial.
Após a celebração, a população saiu às ruas para expressar o seu amor e a sua gratidão à Mãe de Jesus, numa linda procissão, ao som da Banda da União Recreativa de Coina. Enquanto caminhavam, foi rezado o terço.
Os vários andores, embelezados por dezenas de flores, revelavam a devoção do povo da Paróquia aos diferentes santos.
O grande andor de Nossa Senhora da Graça foi o centro das atenções. Após vários anos, saiu novamente à rua transportado nos ombros dos corajosos escuteiros do Agrupamento 586. “O andor estava pesado; a imagem é muito pesada, mas a nossa confiança e fé na Mãe de Jesus são muito maiores. E, nós, quando caminhamos juntos e numa mesma direção, somos mais fortes”, afirmou um Caminheiro.
A Festa continuou, fora do recinto “sagrado”, com música ao vivo.

0 comments

canoagemAs crianças e os adolescentes da Catequese da Paróquia de Palhais/Santo António, acompanhados pelos catequistas, recuaram no tempo e foram visitar os monges cistercienses, na zona de Alcobaça.
De facto, no dia 28 de maio, realizou-se o Passeio Anual da Catequese dos centros de culto de Penalva, Coina e Santo António da Charneca, ao Parque dos Monges em Alcobaça.
Após a chegada ao local, os mais velhos aventuraram-se (e molharam-se) na canoagem. Mais tarde, escalaram paredes, lançaram setas e desceram no slide.
Com outro tipo de adrenalina, os mais novos (e alguns adolescentes mais gulosos) dedicaram parte da manhã a descobrir as receitas conventuais e como dar uso ao forno em prol de iguarias. Houve ainda tempo para um breve contacto com a Padeira de Aljubarrota, ou com o Pedro e a Inês.
Apesar dos meteorologistas garantirem um dia de chuva, São Pedro escutou as orações dos jovens que desejavam assistir ao Torneio Medieval. Entre gritos e aclamações, venceu o cavaleiro com menos destreza na espada, mas mais habilidade a cavalo.
Ainda houve tempo para visitar a aldeia medieval, conhecer o quotidiano da vida dos monges, provar a ginja monástica e ficar de boca aberta com os truques mágicos de um artista.
Este Passeio da Catequese foi possível graças ao esforço da Equipa Coordenadora dos Catequistas, e dos vários Catequistas que estão sempre disponíveis para colaborar na formação dos mais novos, incentivando-os a crescer para Jesus.

agrupamento palhaisA Igreja Paroquial de Palhais acolheu este domingo, dia 15 de maio, as promessas solenes do Agrupamento de Escuteiros 586, num total de 22 escuteiros que cumpriram mais uma etapa do seu percurso.
Após terem concluído com sucesso um conjunto de provas que testemunham o seu progresso, os vários jovens aderiram ao Corpo Nacional de Escutas pela primeira vez ou numa nova Secção.
Como em todos os cerimoniais de Promessa, este foi precedido de uma Velada de Armas na véspera, pelas 21h00. Esta Vigília de Oração, inspirada nas Obras de Misericórdia, constituiu a derradeira preparação e reflexão para o compromisso.
A Eucaristia das Promessas, presidida pelo Pároco, foi um momento vivido com grande alegria por todos. Em celebração de Pentecostes, o P. Tiago pediu aos jovens para estarem “sempre alerta, pois o Espírito anda a soprar e quer viver no Agrupamento, em cada jovem corajoso que Lhe diz ‘sim’”. Na breve homilia que proferiu durante a Eucaristia, o Padre recordou o importante papel do Agrupamento na formação da juventude e na promoção dos valores humanos e cristãos, “que deve olhar para o exemplo de alguns santos que foram escuteiros ‘sem lenço, sem insígnias e sem boina’ como Francisco de Assis, Nuno de Santa Maria ou São Paulo”.
Após a Eucaristia, foi tempo da tradicional receção “à lençada” de todo o Agrupamento aos novos lobitos, exploradores, pioneiros e caminheiros.
A tarde continuou com o almoço e convívio entre os jovens, pais e colaboradores. No final, os Escuteiros apresentaram vários sketches relacionados com as Obras de Misericórdia.
Paulo Soares, Chefe do Agrupamento, afirmou estar muito satisfeito com este momento do Agrupamento pois “é ótimo ver os mais novos a crescer e a atingir os objetivos aos quais se propuseram”.

0 comments

festas da penalvaA chuva deu tréguas e a Festa de Nossa Senhora de Fátima e S. Pedro de Alcântara realizou-se na Penalva (Paróquia de Palhais/Santo António), no domingo, 8 de maio.
A Capela revelou-se pequena para acolher as dezenas de pessoas que participaram na Eucaristia onde os mais novos receberam a Primeira Comunhão, professaram solenemente a sua fé e festejaram outros passos da Catequese.
No sermão, o Pároco saudou os paroquianos que estava a ver por primeira vez, a maioria por não participar na Eucaristia dominical. Deu-lhes as boas vindas com esperança que a sua fidelidade comece a surgir, pois “Deus está sempre à espera do primeiro passo e hoje pode ser o vosso primeiro passo”, afirmou. Recordou ainda que “há pessoas magras que comem pouco por acharem que estão com excesso de peso, como também há pessoas que não se alimentam de Deus por pensarem que não precisam”.
Utilizando uns sapatos de bebé, questionou as crianças e jovens acerca do crescimento físico e espiritual. De facto, “há cristãos com cabelo branco, mas com uma fé de criança pequena; Cristãos cuja fé não acompanhou o crescimento físico. Assim, facilmente, encontramos adultos com atitudes de criança: rivalidades entre grupos, queixinhas ao pároco, pouco perdão, vingança, pouca preparação, certa superstição…”, disse o pregador.
No final, pediu aos mais pequenos para falarem de Jesus em casa e serem catequistas dos próprios pais e padrinhos.
A procissão saiu à rua, com os diversos Santos da Capela em andores decorados por habitantes da Penalva.

alcateia palhaisOs Lobitos do Agrupamento 586 de Palhais conquistaram o 2º Lugar nos Jogos da Primavera 2016 disputados na Atalaia, Montijo, no dia 16 de abril.
Mesmo com ameaças de chuva, os Escuteiros da Paróquia Passionista de Palhais/Santo António participaram em grande número neste encontro regional que, este ano, teve o tema “ComPaixão por Ti”. Foi um dia longo para todos os escuteiros que jogaram e se divertiram com todos os outros da região.
D. José Ornelas, Bispo de Setúbal, presidiu ao momento alto do dia, a Eucaristia.
(Mara Soares)

0 comments

misericordiaA Paróquia de Palhais/Santo António esteve unida em oração na tarde do Domingo da Divina Misericórdia. Às 15 horas, diante do Santíssimo, foi rezado o terço da misericórdia. Seguiu-se um momento de adoração e oração. A parábola do Pai Misericordioso (filho pródigo) foi rezada em lectio divina partilhada. Por fim, a Assembleia presente cantou a oração litúrgica de vésperas, seguindo-se um momento de encontro com a Misericórdia no sacramento da reconciliação.misericordia
Verifica-se que a Misericórdia é um tema querido da Paróquia. Esta Festa foi preparada com novena nas Igrejas de Palhais e Santo António onde, espontaneamente, se juntaram várias pessoas.

via sacra coinaVárias centenas de pessoas viveram intensamente a Semana Santa na Paróquia de Palhais/Santo António. Os primeiros dias da Semana ficaram marcados pela exposição do Santíssimo, nos vários centros de culto da Paróquia.
As celebrações do Tríduo foram muito dignas, com participação atenta e ativa de muitos fiéis, tanto nas várias horas da Liturgia das Horas como nas celebrações da Ceia do Senhor e da Paixão.
Na sexta-feira santa, Coina recebeu um dos momentos religiosos mais marcantes da Quaresma, a Via Sacra ao vivo. A encenação foi da responsabilidade dos Escuteiros e da Catequese Paroquial que conseguiram juntar mais de 50 atores e figurantes devidamente caracterizados e preparados. A oração iniciou junto à Capela de Nossa Senhora dos Remédios, passando por toda a localidade. Durante o percurso, muitos fiéis emocionaram-se com a encenação das várias estações realizadas para representar os últimos momentos da vida do Senhor, da oração no Horto à sepultura. Esta oração da Via Sacra foi vivida com grande responsabilidade por parte de todos os paroquianos que se associaram, em espírito de silêncio e oração, dando bom testemunho a quem espreitava nas janelas dos prédios. A Via Sacra contou com o apoio da União das Freguesias de Palhais e Coina, da Câmara Municipal do Barreiro e da GNR.
Na Vigília Pascal, com grande afluência de pessoas, dez catecúmenos receberam os sacramentos da iniciação cristã, provando que a Igreja está viva e a atrair adultos.
Na tarde de domingo, realizou-se a Visita Pascal, com o anuncio da ressurreição de Jesus e bênção das casas e famílias.

semana santa barreiroEm Ano da Misericórdia, a Paróquia de Palhais/Santo António preparou um programa intenso para a Semana Santa.
Ei-lo:

Segunda-feira, 21 de março
08h30 – Eucaristia em Palhais, seguida de adoração até às 10h
18h00 – Adoração em Santo António, com eucaristia às 19h

Terça-feira, 22 de março
08h30 – Eucaristia em Coina, seguida de adoração até às 10h
18h00 – Adoração em Santo António, com eucaristia às 19h

Quarta-feira, 23 de março
08h30 – Eucaristia na Penalva, seguida de adoração até às 10h
18h00 – Adoração em Santo António, com eucaristia às 19h

Quinta-feira, 24 de março
10h30 – Missa Crismal na Sé de Setúbal
21h30 – Ceia do Senhor em Santo António, seguida de adoração até às 24h

Sexta-feira, 25 de março
09h00 – Ofício de Leitura e Laudes em Palhais
12h00 – Hora Intermédia na Penalva
15h00 – Paixão do Senhor em Palhais e Santo António
21h30 – Via Sacra ao vivo em Coina
inicio da novena da Misericórdia

Sábado, 26 de março
09h00 – Ofício de Leitura e Laudes em Palhais
12h00 – Hora Intermédia em Coina
21h30 – Vigília Pascal em Santo António

Domingo, 27 de março
08h30 – Missa Pascal em Vila Chã
09h30 – Missa Pascal em Santo António
10h30 – Missa Pascal em Palhais
11h30 – Missa Pascal em Coina e Penalva
14h30 – Visita Pascal na Paróquia

Segunda (28/3) a sábado (2/4): terço da divina misericórdia às 15h nos vários centros de culto da Paróquia de Palhais/Santo António.

Domingo da Misericórdia, 3 de abril
15h00 – Terço da Divina Misericórdia + adoração do Santíssimo + confissões + lectio divina + oração de vésperas em Santo António.

O Conselho de Pastoral Paroquial reuniu no dia 15 de março de 2016, após a sua nomeação em fevereiro. Estiveram presentes todos os membros do Conselho que participaram muito ativamente, colaborando assim com o Pároco no seu serviço pastoral.

santuário da atalaia

As Vigararias do Barreiro/Moita e do Montijo rumaram ao Santuário de Nossa Senhora da Atalaia, no passado domingo 13 de março. Centenas de pessoas participaram na Catequese Quaresmal do sr. Bispo e num breve momento de adoração do Santíssimo com vésperas. De Palhais/Santo António, além das dezenas de peregrinos que foram em veículo próprio ou em autocarro, foi um grupo de catequistas animados.

Foram 24 horas de encontro com Jesus, com grande afluência de pessoas. É o Mestre no meio de nós!

24horas

A Paróquia de Palhais/Santo António vive a sério a Quaresma e o Tempo Pascal. Queremos ser mais misericordiosos!
Aqui está a caminhada deste tempo especial.

porta santa fátima palhaisCom mais de 140 kms nos pés, 4 dias de caminho, e depois de chuva e vento fortes, frio, muitas bolhas e muita alegria, os mais de 50 peregrinos da Paróquia de Palhais/Santo António sentiram a Misericórdia do Pai ao passar a Porta Santa da Basílica da Santíssima Trindade, em Fátima, no passado dia 9 de fevereiro.
A Paróquia de Nossa Senhora da Graça agarrou a fundo o Ano da Misericórdia e esta peregrinação serviu como mote para o lançamento de outras atividades, como as 24 horas para o Senhor e a Peregrinação à Atalaia, em março.

No dia 11 de fevereiro de 2016, Dia Mundial do Doente, cerca de 50 paroquianos receberam a santa unção. Rezamos por eles, para que Jesus as acompanhe.

Reuniu a Assembleia Paroquial no dia 31 de janeiro de 2016, com a presença de todos os paroquianos interessados no crescimento e fortalecimento da Paróquia de Palhais/Santo António. A Igreja de Santo António estava cheia de pessoas.

A reunião tinha o tempo contado. Nela, a Paróquia decidiu avançar com a iniciativa “24 horas para o Senhor”, votou-se nos elementos ao futuro Conselho de Pastoral Paroquial e decidiu-se o endereço do site.

O Papa Francisco afirma que “a vida é uma peregrinação e o ser humano é viator, um peregrino que percorre uma estrada até à meta anelada (Misericordiae Vultus).
A Paróquia de Palhais/Santo António está a organizar uma peregrinação a pé à Porta Santa do Santuário de Fátima, de 6 a 9 de fevereiro. Com empenho e sacrifício, é possível chegar à meta, como também é possível a vivência da misericórdia no quotidiano.
Os interessados devem inscrever-se até ao dia 31 de janeiro no Cartório Paroquial ou na Sacristia.
Formulário de inscrição (download)
Conselhos práticos para os Peregrinos (download)

penalvaAlguns jovens da Penalva estiveram de retiro nos dias 9 e 10 de janeiro na Quinta do Bom Pastor no Seixal, com o objetivo de refletirem sobre a sua fé.
O retiro começou com a oração de laudes. Depois, o Abrantes visitou o grupo e passou a mensagem que professar a fé em Jesus é correr risco de vida. Há pessoas, noutros países, que são mortas quando afirmam a sua fé!
Ao retiro também apareceu o João, seminarista, que partilhou a sua vocação e a vida no seminário.
Durante a tarde, os jovens tiveram oportunidade de conviver, cantar, rezar, confessar-se, cantar os parabéns ao P. Tiago, “queimar” os defeitos e saciar várias questões através da “caixinha das perguntas”. A brincadeira também teve espaço q.b. no fim de semana.
Dizem os adolescentes que este retiro ajudou “a crescer na fé, marcou o lado espiritual e aproximou de Deus”.

0 comments

D. José Ornelas, Bispo de Setúbal, agradece profundamente o esplêndido acolhimento que tem recebido e deseja a todos Festas Felizes. Garante que reza por todos para que o Senhor nos abençoe, particularmente àqueles que mais necessidade têm do Seu amor e da Sua misericórdia.

porta misericórdia palhais
A porta da Igreja de Palhais foi aberta na manhã do dia 13 de dezembro, como sinal de abertura à misericórdia de Jesus, a verdadeira porta (cf. Jo 10,9).
Os paroquianos passaram solenemente a porta, dando inicio ao Ano da Misericórdia também na Paróquia.
As Portas Santas de Setúbal estão na Igreja Catedral, no Santuário do Cristo Rei, no Santuário do Cabo Espichel e na Atalaia.

coral palhaisNa tarde do dia 8 de dezembro, a Igreja de Palhais foi palco do Concerto Anual de Natal do Coral Orfeónico S. Gabriel.

agrupamento escuteiros palhaisPassaram 36 anos desde a fundação do Agrupamento 586 de Escuteiros de Palhais! Muitos parabéns e votos de uma boa missão na Paróquia!

recolha alimentos palhaisTenho plena confiança de que Aquele que começou em vós tão boa obra há de levá-la a bom termo, até ao dia de Cristo Jesus (Fl 1,6)
Esta semana foram esvaziados dezenas de cabazes familiares nos cabazes da Paróquia: dezenas de paroquianos mostraram ser capazes de abdicar de algo material e oferecê-lo a quem mais necessita.
Os bens foram entregues ao Banco Alimentar da Paróquia e, alguns alimentos específicos, aos Escuteiros, que oferecerão um jantar de Natal às famílias mais carenciadas do concelho.
Encheram-se vários automóveis para o transporte das ofertas de Vila Chã, Penalva, Coina, Palhais e Santo António. Foram contabilizados no Banco Alimentar da Paróquia: 69 kgs de arroz, 93 pacotes de massa, 69 pacotes de bolacha, 98 latas de conservas, 35 kgs de açucar, 83 pacotes de leite, 5 caixas de cereais, 5 kg de farinha, 18 litros de óleo, 9 litros de azeite, 54 embalagens de feijão/grão, 52 latas de salsichas, 4 papas para bebé, 2 marmeladas, 1 lata tomate, 1 embalagem café, 1 kg bacalhau, 1 embalagem de fraldas, 2 sacos de gomas, 2 gelatinas.
Não foram contabilizados os brinquedos, livros e peças de roupa.

A Paróquia de Palhais/Santo António quer viver a sério a caminhada de advento, transportando-a para a vida corrente, fora de portas.
Todos os paroquianos estão convidados a um desafio diferente cada semana, ao encontro de Jesus e em busca de proximidade e de fraternidade com os mais pobres e com os mais simples.
Cestas vazias, uma por cada igreja da Paróquia, e o espírito generoso das gentes da Paróquia de Palhais/Santo António marcarão o Natal de muitas famílias.
O panfleto explicativo pode ser descarregado aqui.
lista de compras

festa acolhimento santo antonioNa celebração da Eucaristia do dia 28 de novembro, as crianças do 1º volume de catequese do núcleo de Santo António foram apresentadas à Comunidade, que garantiu rezar por elas, pelos pais e pelos catequistas.festa acolhimento
Os pais, principais/primeiros catequistas, assumiram diante de toda a Comunidade que estariam mais presentes nas vidas dos filhos, nomeadamente na celebração dos sacramentos. As crianças, confiantes nas palavras dos pais, ofereceram-lhes uma pequena recordação.

catequese de santo antónio da charnecaNa tarde do dia 21 de novembro, os catequistas de Santo António receberam a missão de serem apóstolos da misericórdia entre os jovens, como principais colaboradores dos pais na tarefa da educação na fé. Que Jesus seja realmente o Reis e modelo das suas vidas.

0 comments

Neste momento, desejo unir a minha a tantas outras vozes deste nosso planeta, para exprimir a profunda dor, o pesar e a preocupação, causados pelos bárbaros atentados de Paris, que vitimaram tantas pessoas inocentes e vieram adensar ainda mais o clima de receio e de suspeita na sociedade europeia.
O primeiro pensamento vai para as vítimas diretas deste desumano ato de ódio destruidor. Que Senhor da vida as acolha nos seus braços de misericórdia aqueles que pereceram e dê conforto, coragem e esperança aos seus queridos. Com eles, sentimo-nos atacados também nós e queremos estar solidariamente próximos esta hora.
Esta situação requere naturalmente medidas de vigilância e segurança, para combater o ódio destruidor e evitar novas vítimas. Por outro lado, seria ulteriormente trágico cair na tentação do fechamento ao exterior, do abrandamento do diálogo intercultural, do soçobrar da solidariedade para além dos conflitos. Essa seria a grande vitória daqueles que desferiram tão vil ataque. É preocupante verificar, a este propósito, que responsáveis europeus já tenham começado a utilizar estes acontecimentos dramáticos para justificar e reforçar a sua oposição à solidariedade para com os refugiados dos conflitos recentes, que tem movimentado a sociedade europeia.
Um momento destes exige solidariedade e afirmação dos autênticos valores da nossa sociedade, por parte daqueles que acreditam que vale a pena lutar por um mundo mais justo e seguro para todos. Não deixemos que o sangue de tantas pessoas tenha sido derramado em vão. Queira Deus que a memória delas seja semente de humanismo, de solidariedade e de busca autêntica de justiça e de paz. E que ninguém use o nome de Deus para oprimir, odiar e matar!
+José, Bispo de Setúbal

0 comments

A Paróquia de Palhais/Santo António está online desde o dia 14 de novembro de 2015, data de tomada de posse do novo Pároco.
Tanto no Facebook, como através do site próprio, a Paróquia pretende estar mais próxima de todos os habitantes destas belas terras.
Facebook: www.facebook.com/ParoquiadePalhais
Site: www.paroquiapalhaissantoantonio.pt
O site está em experiência… poderão existir gralhas no texto, horários incorretos, o próprio endereço poderá ser modificado mais tarde, etc.

tiagoD. José Ornelas, Bispo de Setúbal, deu posse ao P. Tiago Veloso como Pároco de Palhais/Santo António, no dia 14 de novembro de 2015, pelas 17 horas, na Igreja de Santo António.
O Tiago nasceu em 09 de janeiro de 1987, é Passionista desde 07 de setembro de 2008. Trabalhou numa rádio local até começar os estudos de teologia em Lisboa. Fez o noviciado em Zuera, Espanha. Estudou Direito Canónico em Salamanca. Colaborou no Seminário Menor de Santa Maria da Feira de 2011 a 2015. Coordenador da Pastoral Juvenil-Vocacional dos Passionistas de Portugal. Foi nomeado Pároco de Palhais/Santo António em novembro de 2015.

padre José Luís Moreira passionistaA Paróquia de Nossa Senhora da Graça de Palhais, Santo António, Penalva, Coina e Vila Chã agradece profundamente o carinho e o bom trabalho realizado pelo P. José Luís ao longo de 12 anos de dedicação apostólica nestas terras da Diocese de Setúbal.
Todos os Paroquianos – sem exceção – garantimos oração pelo seu novo apostolado, ao serviço da Congregação Passionista e da Igreja.

0 comments

A imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima visitou a Paróquia de Palhais/Santo António, durante toda a tarde do dia 5 de novembro. Acolhida em Palhais, a imagem continuou pela Escola de Fuzileiros, Coina, Penalva e Santo António. Este momento de bênção e de graça foi acompanhado por centenas de paroquianos, apesar da chuva e da hora da visita.