Reconciliação

Papa Francisco a confessar-se

Jesus Cristo instituiu a confissão, o sacramento da misericórdia, o sacramento do perdão, o sacramento da reconciliação:
“Recebam o Espírito Santo. Se vocês perdoarem os pecados de alguém, esses pecados são perdoados; mas, se não perdoarem, eles não são perdoados.” (evangelho de S. João, capítulo 20, 19-23)

A confissão sincera liberta dos pecados, limpa o coração e dá uma paz interior enorme. É o próprio Jesus quem, através do sacerdote, cura a pessoa do peso dos pecados.

Existem confissões em Palhais na primeira terça das 17h00 às 17h50 (18h-18h50 no verão). Nas restantes terças é das 18h30 às 19h00 (19h30-20h no verão) e 2ª sexta das 15h-16h.
Em Santo António é à quinta das 19h30 às 20h30. Na 3ª sexta do mês também há das 15h às 16h. Sábado das 9h às 10h45 e na última segunda do mês das 20h30 às 21h30.
Na Penalva há confissões no 2º sábado das 16h55 às 17h25. Na 1ª sexta das 15h às 16h. E à terça das 10h30-12h00.
Em Coina há confissões nos domingos de mercado das 12h30 às 13h00. Na 1ª sexta das 15h às 16h. E à quinta das 10h30-12h00.
Em Vila Chã na 4ª sexta do mês das 15h às 16h.
Os horários e locais podem ser alterados no período do Advento e Quaresma. O ideal é verificar a Folha dos Serviços da Semana, disponível neste site.