Celebração

A Igreja cumpre a sua função de santificar de um modo peculiar através da liturgia, especialmente pela celebração da Eucaristia, fonte e cume da vida e da missão da Igreja. Mas não só de missas vive o Povo de Deus, pois existem outros meios de santificação como são os exercícios de piedade, de penitência e caridade, que a Igreja muito recomenda.
O terço, a via sacra, as vigílias de oração, as procissões,… são momentos intensos da vida da comunidade, que produz ótimos e abundantes frutos.

Os fiéis leigos, em virtude do sacerdócio comum, são agentes de ação litúrgica quando participam ativamente nas celebrações, com as respostas, com o canto, nos ministérios… Afinal, as celebrações da Igreja são públicas; não há celebrações privadas.
A Paróquia de Palhais/Santo António, embora tolere algumas celebrações privadas (reconciliação, unção dos doentes…), tem total preferência por ações litúrgicas com a participação dos fiéis, em verdadeiro sentido comunitário.

Que ninguém fique privado dos sacramentos por razões económicas! Os mais necessitados são destinatários privilegiados da ação evangelizadora da Igreja, também em Palhais/Santo António!